Quem realmente inventou as vacinas?

Economize 50% ao assinar a BBC Science Focus Magazine
O experimento famoso (embora um pouco antiético) do Dr. Edward Jenner é anunciado, mas
não foi necessariamente o primeiro.
Em 1796, o médico de Gloucestershire, Dr. Edward Jenner, conduziu um dos experimentos
mais importantes, embora antiéticos, da história da medicina. Seu objetivo era investigar
alegações de que as pessoas poderiam ser protegidas contra a varíola mortal se previamente
expostas à varíola bovina, uma doença aparentemente relacionada, mas inofensiva. Para
descobrir, ele arriscou a vida de um menino de oito anos (a quem expôs à varíola bovina) ao
expô-lo deliberadamente à varíola.
Além de uma breve febre após a infecção por varíola bovina, o menino permaneceu saudável.
Desde então, Jenner tem sido aclamado como o descobridor da ‘vacinação’, uma arma vital na
luta contra as doenças e que levou à eliminação global da varíola em 1980.
A ideia de que uma infecção anterior dava ‘imunidade’ contra doenças posteriores, entretanto,
foi observada já no século 10 por médicos chineses. No início do século 18, Lady Mary Wortley
Montagu, esposa de um diplomata na Turquia, defendia a ‘variolação’. Isso envolvia expor

deliberadamente os pacientes a tecidos infectados com varíola. Embora muitas vezes bem-
sucedida, a técnica era arriscada, com cerca de um em cada oito morrendo de varíola.

Jenner nem mesmo foi a primeira pessoa a testar a varíola bovina como forma de fornecer
imunidade contra a varíola. Mesmo assim, ele merece crédito por estudar a teoria
sistematicamente e por convencer a Royal Society a publicar suas descobertas Vacina de meningo b

Leave a Reply

Your email address will not be published.